sexta-feira, 31 de maio de 2013

(VÍDEO) - O Teste da Fé - Dez cientistas reconhecidos internacionalmente como pesquisadores notáveis contam suas histórias de vida e como relacionam a sua fé com a atividade científica. Por que escolheram ser cientistas? Por que abraçaram o cristianismo?

 (VÍDEO) - O Teste da Fé - Dez cientistas reconhecidos internacionalmente como pesquisadores notáveis contam suas histórias de vida e como relacionam a sua fé com a atividade científica. Por que escolheram ser cientistas? Por que abraçaram o cristianismo?


Clique no link abaixo para acessar o vídeo:
http://metodologiadoestudo.blogspot.com.br/2013/05/video-o-teste-da-fe-dez-cientistas.html

quarta-feira, 29 de maio de 2013

(VÍDEO) - Robert P. George - professor de jurisprudência da Universidade Princeton afirma que o "casamento gay" irá causar uma mudança substancial no conceito de família e paternidade, que trará consequências perigosas para a educação das crianças e para a liberdade religiosa.

(VÍDEO) - Robert P. George - professor de jurisprudência da Universidade Princeton afirma que o "casamento gay" irá causar uma mudança substancial no conceito de família e paternidade, que trará consequências perigosas para a educação das crianças e para a liberdade religiosa.

Clique no link abaixo para acessar a matéria:http://familiacalvinista.blogspot.com.br/2013/05/video-robert-p-george-professor-de.html

terça-feira, 28 de maio de 2013

(VÍDEO) - O Partido Calvinista é contra o "partido dos narcotraficantes", "partido dos terroristas" e "partido dos trambiqueiros". Pedimos aos militantes e liderança do PSC o rompimento com as alianças esquerdistas nos governos municipais, estaduais e federal. Prof. Luis Cavalcante

(VÍDEO) - O Partido Calvinista é contra o "partido dos narcotraficantes", "partido dos terroristas" e "partido dos trambiqueiros". Pedimos aos militantes e liderança do PSC o rompimento com as alianças esquerdistas nos governos municipais, estaduais e federal. Prof. Luis Cavalcante

Clique no link abaixo para acessar o vídeo:
http://partidocalvinista.blogspot.com.br/2013/05/o-partido-calvinista-e-contra-o-partido.html

(VÍDEO) - CARTILHA "EDUCATIVA" PORNÔ GAY É DISTRIBUÍDA EM PORTA DE ESCOLA E CHOCA O PAÍS!

(VÍDEO) - CARTILHA "EDUCATIVA" PORNÔ GAY É DISTRIBUÍDA EM PORTA DE ESCOLA E CHOCA O PAÍS!

Clique no link abaixo para acessar o vídeo:
http://partidocalvinista.blogspot.com.br/2013/05/video-cartilha-educativa-porno-gay-e.html

quinta-feira, 16 de maio de 2013

Para o governo petista, policial que mata bandido é bandido. Até prova em contrário

Para o governo petista, policial que mata bandido é bandido. Até prova em contrário
07/01/2013 - Percival Puggina
Sabe quando haverá segurança neste país com o PT? Nunca.
A ministra Maria do Rosário, como "presidenta" do Conselho de Defesa dos Direitos Humanos, deu-se ao desplante de, por simples Resolução (Resolução Nº 8 de 21 de dezembro de 2012, estabelecer um enorme regramento sobre a atividade policial no Brasil em caso de enfrentamento armado com bandidos. O texto é um disparate cujo único efeito será salvaguardar os bandidos mesmo quando atiram contra cidadãos ou contra policiais.

Dispõe a ministra, com uma resolução que vai muito além de suas chinelas, que todo policial que ferir ou matar um bandido responderá por homicídio ou lesão corporal (conforme seja o caso). Será, também, afastado de suas funções externas e perderá o direito de ser promovido, ainda que por bravura, até o "esclarecimento dos fatos e responsabilidades". E vai por aí, normatizando, legislando e se intrometendo nos outros poderes, determinando como deve agir o Ministério Público nesses casos. Se duvida, procure no google pela referida resolução.

Entre as justificavas alegadas, a ministra menciona que "a violência destas mortes atinge vítimas e familiares, assim como cria um ambiente de insegurança e medo para toda a comunidade". Ou seja, na opinião da ministra e seus conselheiros, não é a morte de cidadãos de bem por bandidos o que apavora a sociedade, mas, isto sim, a morte de bandidos pela polícia. Ela não tem a menor ideia do que a sociedade pensa e segue a cartilha partidária, pretendendo impor às instituições nacionais o programa de desagregação social proposto pelo PNDH-3. Sabe você quando haverá segurança neste país com o PT? Nunca!

Note-se, por fim, que essa tolice toda sai da caneta da ministra com base numa tal Lei Nº 4.319, de 16 de março de 1964, que criou oConselho de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana. No entanto, lido e relido o teor dessa lei, não encontrei nela autorização alguma para que o governo edite normas com tão desmedida abrangência e profundidade. O CDDPH é um órgão de estudo, aconselhamento, recomendações, articulações e fica totalmente contido nesse nível.

Será que ninguém viu esse absurdo? Será que o Congresso nada fará a respeito? Será que as instituições policiais ficarão passivas diante disso? Será que o Ministério Público concordará, pelo silêncio, com essa violência que concede saúde e longa vida aos criminosos pela, doravante, prudente omissão dos policiais em serviço?



Divulgação:








quarta-feira, 15 de maio de 2013

(VÍDEO) - OAB/SP - DIREITO, FATOS, PERCEPÇÕES E DISCERNIMENTOS INTERNACIONAIS - Olavo de Carvalho

(VÍDEO) - OAB/SP - DIREITO, FATOS, PERCEPÇÕES E DISCERNIMENTOS INTERNACIONAIS - Olavo de Carvalho

Clique no link abaixo para assistir o vídeo:
http://academiaemdebate.blogspot.com.br/2013/05/video-oabsp-direito-fatos-percepcoes-e.html

A decisão do CNJ é inconstitucional e quebra uns dos fundamentos de uma sociedade civilizada. O conceito de casamento fora das bases sólidas HOMEM com uma MULHER, permitirá e oficializará a PEDOFILIA (Intimidade Inter-geracional), INCESTO, POLIGAMIA e ZOOFILIA...

A decisão do CNJ é inconstitucional e quebra uns dos fundamentos de uma sociedade civilizada. O conceito de casamento fora das bases sólidas HOMEM com uma MULHER, permitirá e oficializará a PEDOFILIA (Intimidade Inter-geracional), INCESTO, POLIGAMIA e ZOOFILIA...

Clique no link abaixo para acessar a matéria:http://direitoreformacional.blogspot.com.br/2013/05/a-decisao-do-cnj-e-insconstitucional-e.html

terça-feira, 14 de maio de 2013

O direito inalienável da necessidade de um PAI e de uma MÃE. Uma ameaça aos direitos das crianças - Entenda porque a adoção por pares homossexuais é um risco ao desenvolvimento das crianças.

O direito inalienável da necessidade de um PAI e de uma MÃE. Uma ameaça aos direitos das crianças - Entenda porque a adoção por pares homossexuais é um risco ao desenvolvimento das crianças.

Clique no link abaixo para ler o artigo:
http://familiaestruturada.blogspot.com.br/2013/05/o-direito-inalienavel-da-necessidade-de.html

segunda-feira, 13 de maio de 2013

Calados pela diversidade - Dr. Fábio Blanco

Calados pela diversidade - Dr. Fábio Blanco

Clique no link abaixo para ler o artigo:
http://direitoreformacional.blogspot.com.br/2013/05/calados-pela-diversidade-dr-fabio-blanco.html

Polícia paulista cria o primeiro cadastro de pedófilos do Brasil

Polícia paulista cria o primeiro cadastro de pedófilos do Brasil

A polícia e a sociedade precisam acordar, a pedofilia aumenta a cada a dia, e ela se disfarça através de conceitos acadêmicos do marxismo cultural via militantes esquerdistas e homossexualizantes através do sofisma "intimidade inter-geracional" (Pedofilia Disfarçada). Prof. Luis Cavalcante 

Clique no link abaixo para ler a matéria:
http://pedofilianauniversidade.blogspot.com.br/2013/05/policia-paulista-cria-o-primeiro.html

sábado, 11 de maio de 2013

O psiquiatra Lyle Rossiter nos comprova que o esquerdismo é uma doença mental (O modelo de mente esquerdista / Competência em uma sociedade livre / Por que a mente esquerdista é uma patologia? / Os cinco déficits principais do esquerdista / Uma cura para o esquerdismo?)

O psiquiatra Lyle Rossiter nos comprova que o esquerdismo é uma doença mental (O modelo de mente esquerdista / Competência em uma sociedade livre / Por que a mente esquerdista é uma patologia? / Os cinco déficits principais do esquerdista /  Uma cura para o esquerdismo?)

Clique no link abaixo para ler o artigo:
http://psicologiareformacional.blogspot.com.br/2013/05/o-psiquiatra-lyle-rossiter-nos-comprova.html  

domingo, 5 de maio de 2013

Introdução ao De Incarnatione Verbi Dei, de Santo Atanásio (ou: Sobre Livros Antigos) por C. S. Lewis

Introdução ao De Incarnatione Verbi Dei, de Santo Atanásio (ou: Sobre Livros Antigos) por C. S. Lewis

Há uma ideia estranha por aí segundo a qual os livros antigos devem ser lidos apenas por profissionais, e o leitor amador deve contentar-se com os livros modernos.

Clique no link abaixo para ler o artigo:
http://metodologiadoestudo.blogspot.com.br/2013/05/introducao-ao-de-incarnatione-verbi-dei.html

PEDAGOGIA DO CRIME - (desenvolvido por professores e pensadores marxistas)

Pedagogia do crime 
      
Ela já nos mostrou que não adianta reclamar: continuaremos sem policiais, sem presídios, sem uma legislação penal que sirva à sociedade e não ao bandido.

A primeira e principal lição foi sendo ministrada aos poucos. Era difícil, mas não impossível. Tratava-se de fazer com que a sociedade ingerisse enrolada, como rocambole, a ideia de que a criminalidade deriva das injustiças do modelo social e econômico. Aceita essa tese, era imperioso importar alguns de seus desdobramentos para o campo do Direito. Claro. Seria perverso tratar com rigor ditas vítimas da exclusão social. Aliás, a palavra "exclusão" e seu derivado "excluído", substituindo "pobre" e "pobreza", foram vitais para aceitação da tese e sua absorção pelo Direito Penal.
 
Espero ter ficado claro aos leitores que a situação exposta acima representa uma versão rasteira da velha luta de classes marxista. Uma luta de classes por outros meios, travada fora da lei, mas, paradoxalmente, sob sua especial proteção. Por isso, a impunidade é a aposta de menor risco desses beligerantes. Por isso, no Brasil, o crime compensa. Por isso, também, só os muito ingênuos acreditarão que um partido que pensa assim pretenda, seriamente, combater a criminalidade. Afine os ouvidos e perceberá o escandaloso silêncio, silêncio aliás de todos os poderes de Estado sobre esse tema que é o Número Um entre nós. Ou não?
 
Portanto, olhando-se o tecido social, chega-se à conclusão de que o grande excluído é o brasileiro honesto, quer seja pobre ou não. O outro, o que enveredou para as muitas ramificações do mundo do crime, leva vida de facilidades sabendo que tem a parceria implícita dos que hegemonizam a política nacional. Nada disso estaria acontecendo sem tal nexo.
 
Viveríamos uma realidade superior se o governo construísse presídios, ampliasse os contingentes policiais e equipasse adequadamente os agentes da lei, em vez de gastar a bolsos rotos com Copa disto e daquilo, trem bala, mordomias, comitivas a Roma e por aí vai. Viveríamos uma realidade superior se o Congresso produzisse um Código Penal e um Código de Processo Penal não benevolentes, não orientados para o descumprimento da pena, mas ordenados à sua rigorosa execução. Viveríamos uma realidade superior se os poderes de Estado incluíssem entre os princípios norteadores de suas ações a segurança da sociedade e os direitos humanos das vítimas da bandidagem (grifo do Prof. Luis Cavalcante). Viveríamos uma realidade superior se o Direito "achado nas ruas", que inspira ideologicamente a atuação de tantos magistrados, fizesse essa coleta nas esquinas, mas ouvindo os cidadãos, os trabalhadores, os pais de família, em vez de sintonizar a voz dos becos onde a criminalidade entra em sintonia com a ideologia.
 
O leitor sabe do que estou tratando aqui. Ele reconhece que, como escrevi recentemente, já ocorreu a Tomada do Brasil pelos maus brasileiros (grifo do Prof. Luis Cavalcante).
 
Perdemos a guerra. O crime já venceu. Estamos na fase de requisição dos despojos que devem ser entregues aos vencedores. Estamos pagando, em vidas, sangue e haveres, a dívida dos conquistados. Saiba, leitor, que a parcela da esquerda que nos governa há mais de duas décadas, mudando de nome e de pêlo, mas afinada, em tons pouco variáveis pelo mesmo diapasão ideológico, está convencida de que se trata disso mesmo. É a luta de classe por outros meios e com outros soldados. Queixemo-nos ao bispo, se o bispo não cantar na mesma toada.
 
É a pedagogia do crime. Ela já nos ensinou a não reagir. Ela já nos disse que a posse de armas é privilégio do bandido. Ela já advertiu os policiais sobre os riscos a que se expõem ao usar as suas. Ela já nos mostrou que não adianta reclamar: continuaremos sem policiais, sem presídios, sem uma legislação penal que sirva à sociedade e não ao bandido. Isso tudo já nos foi evidenciado. Trata-se, agora, de entender outras ordens do poder fora da lei. Devemos saber, por exemplo, que esse poder se enfurece quando encontra suas vítimas com tostões no bolso. O suposto direito nosso de carregarmos na carteira o dinheiro que bem entendermos confronta como o direito dos bandidos aos nossos haveres.
 
Por isso, cada vez mais, agridem, maltratam e executam, friamente, quem deixa de cumprir seu dever de derrotado.
 
Tornamo-nos súditos, sim, não do Estado brasileiro, mas daqueles que tomaram a Nação para si. Seja um bom discípulo da pedagogia que a esquerda nos proporcionou. Não desatenda as demandas dos bandidos. O leão da Receita é muito mais manso.
 
 
 
Divulgação:
 
 
 
 

Marxismo: a máquina assassina por R. J. Rummel (professor emérito de ciência política e finalista de Prêmio Nobel da Paz, ....)

Marxismo: a máquina assassina por R. J. Rummel (professor emérito de ciência política e finalista de Prêmio Nobel da Paz, é o mais aclamado especialista mundial em democídio, termo que ele cunhou para se referir a assassinatos cometidos por governos.  Escreveu o livro Death by Government, leitura obrigatória para qualquer pessoa que queira se inteirar das atrocidades cometidas por governos.  Ao todo, Rummel já publicou 29 livros e recebeu numerosas condecorações por sua pesquisa.)

Clique abaixo para ler o artigo:
http://cienciapoliticaedireitoshumanos.blogspot.com.br/2013/05/marxismo-maquina-assassina-por-r-j.html

Odioso preconceito - (“A mais odiosa forma de preconceito moral está na historiografia que condena em voz alta os crimes e perseguições de um lado, e esconde ou defende os do outro.”)

Odioso preconceito - (“A mais odiosa forma de preconceito moral está na historiografia que condena em voz alta os crimes e perseguições de um lado, e esconde ou defende os do outro.”)

http://historiareformacional.blogspot.com.br/2013/05/odioso-preconceito-mais-odiosa-forma-de.html

CONSULTORIA FINANCEIRA